hotel em Curitiba

Whatsapp
(41) 99535-3623
(41) 2105-1808
0800-709-1808
Nosso email:
nikko@hotelnikko.com.br

Midias sociais

googleplus

Passeio de Trem Morretes em Curitiba

Passeio de Trem Morretes em Curitiba

Trem e litorina partem de Curitiba, cortam a Serra do Mar, passam por Morretes e finalizam o passeio em Paranaguá.

Que tal aproveitar os dias de frio e ensolarados de um autêntico inverno europeu para fazer um passeio bucólico e inesquecível de trem ou litorina numa serra em que o seu pico mais elevado está a quase mil metros acima do nível do mar? Se está imaginando que este passeio faz parte de algum roteiro internacional é porque ainda não conheceu a rota do turismo na Serra do Mar, carinhosamente chamada de Serra Verde, que liga Curitiba ao litoral do Paraná.

O passeio é de trem ou litorina pelos trilhos seculares da Estrada de Ferro, que liga Curitiba, Morretes e Paranaguá. No percurso, os visitantes poderão se deslumbrar com paisagens exuberantes, preservação ambiental, cultura e patrimônio histórico. Quem está em busca de um programa turístico alternativo e inesquecível, esta é a opção.

A Estrada de Ferro que corta a Serra do Mar é considerada uma das maiores engenharias já construída pelas mãos do homem. Com cerca de 120 anos, é uma das poucas exploradas turisticamente no país. O passeio é gerenciado pela empresa Serra Verde Express e percorre cerca de 70km da serra, apresentando ao passageiro um verdadeiro paraíso bem perto do céu.

O ponto de partida do passeio é a Estação Ferroviária de Curitiba, capital do Paraná, cujo destino final é a cidade histórica de Paranaguá. A bordo do trem ou litorina, o visitante pode desfrutar, além da belíssima paisagem composta de uma das maiores reservas de Mata Atlântica do Brasil, dos excelentes serviços oferecidos pela Serra Verde Express, incluindo guias poliglotas.

Por cerca de três horas, os veículos ferroviários passam em importantes municípios da região metropolitana de Curitiba, entre eles Pinhais e Piraquara. Pouco depois, é chegada a hora de passar entre os túneis, sendo o primeiro, o mais imponente e grandioso. O Roça Nova é um dos 13 túneis e está localizado no ponto mais elevado do trajeto, a cerca de 900m. Nesse ponto, vale dar uma caprichada nas fotos.

O próximo destino é a Casa Ipiranga, que hospedou figuras ilustres da nossa história como o imperador dom Pedro II e o famoso pintor paranaense Alfredo Andersen. Neste trecho, aproveite para observar a passagem do Rio Ipiranga que corta toda essa área. Outro destaque do passeio é a encantadora Cachoeira Véu da Noiva que impressiona pelo grande volume de água que sai da rocha e pelo barulho ensurdecedor feito pela queda d´água. A emoção está presente em cada ponte, túnel e paisagem que compõe a Serra Verde.

Merece uma atenção especial também o Pico do Diabo (enorme rocha com uma fenda entre duas escarpas), a Garganta do Diabo e o Santuário do Cadeado. Chegando à Estação de Marumbi, o trem faz uma parada para os passageiros tirarem fotos do Parque Nacional do Pico do Marumbi, cuja a maior atração é o Pico do Marumbi que se destaca pela altura (com 1.539 metros) e pelo conjunto de montanhas. Este ponto é bastante utilizado para a prática de montanhismo e de outros esportes radicais. Pode-se encontrar no caminho também a Cascata dos Marumbinistas - uma queda d''água quase vertical, que sai de uma altura de cerca de 50 metros.

Entretanto, é na Estação Morretes que o turista vai fazer a parada oficial e obrigatória. A cidade de Morretes é tida com uma das mais bonitas do Paraná e de fundamental importância histórica para o estado. A região possui uma das mais belas paisagens do Sul do país e tem como marco central o Rio Nhundiaquara, que corta a cidade e ainda permite, aos mais corajosos, a prática de esportes como a canoagem, bóia-cross e pescarias.

A última parada é em Paranaguá, a cidade mais antiga do Paraná, com 349 anos. É nesta cidadezinha que está localizado o porto de maior movimento de toda a região Sul.

Outros passeios em Curitiba

Ver os passeios de Curitiba